domingo, 19 de abril de 2009

A CIDADE MONTANHA

Considerando o tempo que se fazia sentir na Serra da Estrela sai tarde do Fundão, mas prosseguindo a máxima de tentar não parar - segui!

Cheguei à Covilhã 1h depois de ter começado a pedalar, distam 20,75km, desde o Fundão até ao centro da cidade da Covilhã. As vistas são magníficas e, de facto, esta é a cidade montanha do país, desde o sopé até chegar ao centro da cidade são, nada mais nada menos do que 3km, até aqui nada demais, um senão, são 3km sempre a subir!

Quem ainda não veio à Covilhã tem de vir! A Serra da Estrela, por graça, está minada de neve...

Acabei o dia em grande...amanhã conto mais novidade.

curiosidade: ontem a caminho do Fundão encontrei e parei para falar com um grupo de senhores que trabalhavam em Alpedrinha, faziam acompanhar-se de uma carrinha de caixa aberta, estilo pick-up , trabalhavam junto à berma da estrada e, quando eu ia a caminho do Fundão pela Serra da Gardunha, deram-me uma apitadela em sinal de reconhecimento (acompanhado com o típico gesto - fixe!). Não é que esse senhor me voltou a encontrar hoje e, de propósito, deixou de seguir o seu rumo para me pagar uma bebida...parei, falei (falámos!) e ambos seguimos o nosso caminho de novo. Senhor na casa dos seus 60 anos, licenciado em Económicas, como diz, perfil de agricultor, mas muito porreiro!

obs: chegada à Covilhã dia 18.04.2009

5 comentários:

Anónimo disse...

"perfil de agricultor, mas muito porreiro! "

Quer isso dizer que os agricultores não são "porreiros" por norma?

Boa aventura ...

Rita e Hugo disse...

Caro Tiago
De terras de Moçambique continuamos a seguir a tua Odisseia. Estás a sair-te muito bem e a surpreender-nos a cada dia que passa. Muita força e cuida bem de ti... Beijinhos e abraços, Rita e Hugo

Vagamundos disse...

Temos uma sugestão a fazer-te: partilha aqui o trajecto que tens previsto fazer e assim os teus leitores podem sugerir-te sitios para visitares ou trajectos mais entusiasmantes. Julgamos que seria uma mais valia para o teu projecto e para ti mesmo, para além de proporcionar uma maior interactividade.
Se fores à Guarda temos umas dicas para ti!
Força nessas pernas e não temas os chuviscos :)

Aubigné disse...

Boa noite a todos,

Vagamundos estou na Guarda...

Grande Abraço

Anónimo disse...

Não sei que conotação dás á palavra, aventureiro é aquele que vive aventuras e tu estás a viver algumas ou não, depois fico contente por ver que tiveste força para continuar de bicicleta, já agora quando as condições climatéricas não forem as mais apropriadas porque não aproveitas para interagir com os locais ou fazer trabalho voluntário nessas localidades.

INCUMUDADU